[TW: Abuso] De onde eu estou: Desirée Akpa Akpro Loyou

CoteDIvoire_WAGGS_TogoWorkshop_IMG_6206_1_675x450

“Eu fui abusada duas vezes. A primeira vez foi quando eu estava na escola primária e tinha 8 ou 9 anos de idade. Um assistente de professor tentou me tocar. Depois disso, eu me afastei de mim mesma e não confiava em nenhum homem ou menino. É óbvio que a violência pode impedir as meninas de prosseguir os seus estudos, especialmente se tais atos são cometidos por seu tutor ou professor. Isto terá um impacto sobre seus resultados acadêmicos.

Eu tinha 21 anos quando me tornei escoteira. Eu era muito tímida e retraída, mas como guias podemos fazer coisas que não conseguiríamos fazer sozinhas. Agora, eu sou uma assistente social para o Governo e Vice Comissária Geral de treinamento para as escoteiras, no âmbito do Ministério da Juventude. Realizar campanhas de sensibilização nas escolas e organizar treinamentos para as pessoas, de ambos os sexos, na luta contra a violência baseada no gênero. A educação desempenha um papel vital.

Quando falo na frente de 400 alunos e estou em pé no pódio, e quando eu falo sobre a violência nas escolas e os fatores de risco, eu compartilho as experiências que eu sobrevivi. Quando você aumenta a sensibilização nas escolas, isso resulta em violência reduzida. Quando falamos com os alunos, vários casos de abuso surgem, especialmente entre as meninas. Tais atos são frequentemente cometidos por professores responsáveis pela sua educação. A história da minha vida capta a sua atenção. Quero chegar a meninas e dizer-lhes para falar e não se cale.”

E_SDG_Icons_NoText-04[70241]E_SDG_Icons_NoText-05Desirée Akpa Akpro Loyou, 37 anos, é uma assistente social e vice comissária geral responsável pela formação e pela Associação Mundial de Guias e Escuteiras (WAGGGS) na Costa do Marfim . Em janeiro, ela participou de um evento de treinamento regional na Togo organizado pela ONU Mulheres e WAGGGS, apoiado por Zonta Internacional para ensinar garotas como entregar o currículo de educação não formal. Os esforços estão conectados com os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável . A meta 4 visa assegurar a educação inclusiva e de qualidade para todos, incluindo através da educação para os direitos humanos e igualdade de gênero; Enquanto o ODS 5 tem entre seus alvos eliminar da vida pública e privada todas as formas de violência contra as mulheres e meninas.

Tradução: CSW 2016 – 17º MINIONU

Postado originalmente por: ONU Mulheres <http://www.unwomen.org/en/news/stories/2016/3/from-where-i-stand–desiree-akpa-akpro-loyou&gt;

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s