Como fazer um DPO?

Aqueles que convivem com o meio de simulações da ONU certamente já se depararam com o famoso DPO, e mesmo para aqueles mais experientes, a elaboração deste documento pode ser um desafio. Por isso, o COPUOS preparou um post ensinando os senhores a escrever o DPO, com direito a modelo ilustrativo

O DPO, ou Documento de Posição Oficial, é o documento que os delegados redigem para apresentar a opinião oficial da delegação que eles defendem a respeito do tema em questão. Em outras palavras, ele é a forma que os delegados tem de apresentar seu posicionamento para os demais, antes das discussões. Os DPOs devem ser entregues à mesa diretora no primeiro dia de simulação, e estarão disponíveis para o acesso de todos os delegados durante as simulações. Vale lembrar que, como o DPO é um documento oficial, ele contém o posicionamento e ideias de soluções referentes à delegação, e não à opinião pessoal do delegado.

Para a elaboração do DPO, recomenda-se que o delegado pesquise a respeito de seu país, a partir do Guia de Estudos e do dossiê, mas também de outras fontes de informação. O DPO é um guia para seu posicionamento durante os debates, e por isso, uma boa pesquisa é necessária antes de escrevê-lo.

Formato padrão do DPO

O DPO deve ter no máximo uma página, e conter um cabeçalho contendo o nome do delegado, sua representação, seu comitê e sua escola. Ele deve ser escrito numa fonte limpa, sem exageros, então abra mão da Comic Sans e adote a Arial ou a Times New Roman. Tamanhos 11 e 12 são recomendados. Além disso, o DPO deve apresentar o brasão de armas da delegação, de preferência no canto superior direito do cabeçalho, e pode também apresentar a bandeira.

Em questão de conteúdo, um DPO padrão pode ser dividido em três parágrafos; o primeiro contém uma breve introdução a respeito da delegação e sua relação com o tema. O segundo contém maior desenvolvimento a respeito do tema e do posicionamento da delegação. Por fim, o terceiro contém as expectativas do delegado em relação às discussões, bem como possíveis alternativas para a solução do problema. Mas é claro, essa não é uma forma fixa; sinta-se à vontade para fazer seu DPO da forma que achar melhor. A lista a seguir apresenta possíveis elementos a serem abordados, como uma forma de guiar os senhores em seu processo de escrita:

  • Breve introdução e abordagem histórica do seu país em relação ao tema. Inclua fatos e ocorrências históricas somente se forem pertinentes ao que será discutido nos comitês. Uma aula de história sobre o país é desnecessária.
  • Explique como o tema do comitê afeta a sua representação.
  • Apresente medidas e políticas adotadas por sua representação no que se refere ao tema, preferencialmente com justificativas para as mesmas.
  • Se possível, inclua citações de líderes de sua representação que sustentem ou ilustrem um ponto abordado no documento.
  • Aponte ações ou pronunciamentos de outros agentes internacionais (países e organizações) com os quais sua representação concorda ou discorda, com justificativas.
  • Mencione as expectativas de sua representação no que diz respeito à resolução e às medidas que devem ser tomadas para solucionar o problema proposto pelo comitê.

Confira na imagem a seguir um modelo de DPO para servir de orientação. Uma versão do mesmo num arquivo do Word está disponível neste link. Lembre-se, a equipe do COPUOS está sempre disponível para esclarecer quaisquer dúvidas que os senhores possam ter!

9

Fonte: Texto produzido pelo comitê COPUOS 2050

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s